domingo, 22 de junho de 2008

Hibernando

urso polar dormindoOs termômetros chegando à casa dos quatro graus negativos no planalto serrano. Passei o final de semana praticamente hibernando, apenas uma pequena pausa para as refeições e uma passadinha por aqui quebraram essa rotina letárgica.
As mudanças climáticas não afetam apenas a vida selvagem, tive uma prova disso nesses últimos dias. A fome diminui se o corpo não necessitar se exercitar, o ritmo respiratório também...( sufocado embaixo das cobertas).
Gosto de muita coisa no inverno: a moda ( elegantérrima), chocolate quente, sopa de agnoline, pijama de flanela, família reunida em volta de fogão de lenha, pinhão na brasa, cobertor, abraço... Bom demais!
Mas gostei também dessa idéia de hibernar! De quebra ainda ia poder perder uns quilinhos. Tudo de bom!Pena que o ser humano descobriu outras formas de combater as adversidades climáticas...Agora, resta encarar o frio!

2 comentários:

Luiz N.Vieira disse...

Elis!
Com todo este afeto, certamente o frio não será obstáculo!
Ab[]s

Wolney disse...

Elis, ainda bem que moro no serrado goiano e frio aqui é 15 graus positivos.

obrigado pela visita no www.soprando.net.

Abraço,
Wolney