domingo, 13 de julho de 2008

Hércules e Jiló

Fazia tempo que estava procurando, mas não conseguia encontrar o link para fazer o download. Encontrei, ele pode ser feito aqui.
O software educativo "Hércules e Jiló" foi idealizado para servir de apoio a intervenções pedagógicas no campo das Ciências Naturais, abordando conceitos relacionados com os seres que existem na Terra (diversidade, características, classificação, relações tróficas, ambientes naturais e construídos etc.).

Hércules é o nome de um menino, Jiló é seu cachorrinho. Eles não existem de verdade, mas se transformaram em personagens principais de um programa de computador educativo, criado na Faculdade de Educação (FE) da Universidade de Brasília (UnB). O programa oferece dez jogos que podem ser utilizados pelas crianças no próprio computador ou fora dele, desde que sejam impressos em papel e montados, como dominós. “Nossa idéia é mostrar que as crianças com necessidades especiais são capazes de aprender”, afirma a professora Amaralina Miranda, especialista na área que conclui no ano de 2005 o doutorado sobre o assunto, na Universidade Nacional de Educação à Distância, em Madrid, na Espanha. No programa, as imagens são alegres e coloridas para chamar a atenção e despertar o interesse pelo aprendizado.
Segundo a psicóloga, o programa é recomendado para crianças com necessidades especiais, mas pode ser utilizado por qualquer uma sem maiores dificuldades. Pelo material, elas entram em contato com as ciências naturais, com imagens animadas e as palavras correspondentes, seguindo uma linha Construtivista, que parte do princípio que a criança constrói o seu saber a partir das influências do meio e das situações de aprendizagem que ela vivencia. O diferencial é que o instrumento foi criado por pedagogos, entre eles o professor da FE, Gilberto Lacerda em parceria com bolsistas do curso de Engenharia de Software e não apenas por profissionais da Informática, o que é mais usual. Por isso, ele tem uma linguagem adequada e consegue atingir o público alvo.
O software já foi validado por 50 professores da Secretaria de Educação do Distrito Federal, que também deram sugestões para aprimoramento e foi aplicado em duas turmas, ao todo, com 18 estudantes, nas escolas da 410 sul e Escola Normal de Brasília. A experiência demonstrou que o programa é um excelente material de apoio ao trabalho docente, pois instiga no aluno construções mais elaboradas através do lúdico, ou seja, elas aprendem brincando.
Ao todo, 600 cópias do material financiado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) serão distribuídas por todo o país.
Para saber mais: Hércules e Jiló

2 comentários:

Teresinha Bernardete Motter disse...

No meu blog, uma homenagem pelo apoio.
bjs
Berna

Luiz N.Vieira disse...

Olá Elis!
Só dando aquela vista de sempre...Abraços amigo!
Luiz