sexta-feira, 25 de janeiro de 2008

Zoom...


De autoria de Istvan Banyai ZOOM é uma obra literária dedicada a um público infantil , mas utilizo-me dela para uma análise acerca da forma como vemos e produzimos identidades em sala de aula. Trata-se dos olhares que diariamente lançamos sobre alunos e alunas, principalmente aqueles diagnosticados como não aprendentes. Acho relevante falar sobre como construimos nossas verdades, nosssas crenças. Entendo que estas são formadas a partir do lugar de onde vemos as coisas e nossas certezas são construídas a partir de nossa percepções, portanto, é necessário que tomemos sempre, muito cuidado com certas verdades absolutas. Seria o caso, talvez, de afastar o zoom para vermos sob um ângulo maior que nos permitisse ver além daquilo que estamos acostumados... as outras relações que não são tão visíveis quando aproximamos o foco, pois quando estamos muito perto de uma situação, geralmente vemos o que nosso ângulo de visão nos permite, esquecendo muitas vezes que estes nossos olhares e as representações que formamos a partir deles sobre os sujeitos com os quais trabalhamos podem marcá-los de forma que estes assimilem de fato a condição de não aprendentes , de incapazes ou deficientes não conseguindo sair ou desvencilhar-se deste rótulo, pois ao falarmos sobre as coisas nós a constituimos.

Buscar novas possibilidades, outras potencialidades, novos deslocamentos de olhar, desconstruções no nosso modo de pensar estes sujeitos é o grande desafio aos professores que pretendam trabalhar as diferenças em sala de aula, sem pré julgamentos, sem pré conceitos...

5 comentários:

Culturanarede disse...

Há necessidade de rompermos com os tradicionais muros que cercam nossas salas de aulas.O Zoom permite para aqueles que conseguem dar visibilidade na busca incansável de novas oportunidades e também como a autora descreve: "Novos deslocamentos de olhar". É o início de uma nova etapa, é como as ondas do mar...Para cada recuo, um novo avanço para novas possiblidades.
Adorei!

Culturanarede disse...

Há necessidade de rompermos com os tradicionais muros que cercam nossas salas de aulas.O Zoom permite para aqueles que conseguem dar visibilidade na busca incansável de novas oportunidades e também como a autora descreve: "Novos deslocamentos de olhar". É o início de uma nova etapa, é como as ondas do mar...Para cada recuo, um novo avanço para novas possiblidades.
Adorei!

Sindy disse...

Oi Elis
Gosto muito do Zoom. Já trabalhei usei as imagens do livro com os alunos da EJA. Foi uma experiência ótima!
Bjks
Sintian

Profe Elis disse...

É muito interessante sim Sindy...
Mas sabe que depois que coloquei esse slide a página não está carregando direito. Resolvi tirar algumas coisas do layout, mas ainda não está legal.
Abraço.

Douglas Orestes Franzen disse...

Oi Elis, sou de São João do Oeste, mas trabalho no município de Itapiranga. Obrigado pelo comentário, podemos trocar muitas informações sim, abraços